Curta nossa página no facebook!
abr
15

Pretensão salarial no currículo

Author Rodrigo Fontes    Category currículo    

Algumas empresas exigem que o candidato especifique no currículo qual a pretensão salarial, visando selecionar os que se enquadram na faixa salarial oferecida. Este item é opcional, verifique sempre com atenção se existe a necessidade ou não de incluir esta informação.

Se existe a necessidade da pretensão salarial, o ideal é se criar uma cópia do currículo para tal fim. A pretensão salarial pode ser enviada no corpo do e-mail, mas é melhor incluir no próprio currículo, para referência do próprio recrutador.

A pretensão em si

A pretensão salarial, de forma geral, deve ser uma “média” do mercado de trabalho. Vamos colocar um exemplo fictício (ou seja, só para referência). Se você, como secretária, ganhava 500 reais no seu último emprego, então sua pretensão salarial deve ser de 450 à 550 reais. Dessa forma, você fica na média do mercado e não passa a imagem de que está pedindo um salário alto ou baixo demais.

Obviamente que, em alguns casos, as empresas podem pagar mais ou menos para você, o que é completamente normal. Porém, se sua a pretensão salarial está de acordo com a média de salário do mercado de trabalho, então você terá excelentes chances de se enquadrar no que a empresa pode pagar.

Pretensões altas…

Demonstram que você quer demais pelo seu trabalho, a não ser que você realmente seja qualificado, com boa experiência, boas referências e também com “adicionais”: língua estrangeira, cursos na área de atuação profissional, boa formação acadêmica, etc.

Pretensões baixas…

Demonstram que você não sabe do mercado de trabalho, que não se valoriza e também que não possui competências técnicas para trabalhar com qualidade (quanta coisa ruim, não?). Para alguns recrutadores isso é bom, de certa forma, pois fica abaixo do que a empresa pode pagar, mas, de forma geral, demonstra falta de conhecimento. Se você ganhava 600 reais anteriormente, por exemplo, não coloque que sua pretensão salarial é de 400 reais, pois no momento de perguntar qual foi o seu último salário a divergência de informações pode te atrapalhar. Consulte sites da web que tenham essa informação, pergunte à profissionais da área ou então veja se, em sua cidade, existem jornais de empregos.

Para as empresas

Na opinião de muitos profissionais de Recursos Humanos, a pretensão deveria ser somente tratada no momento da entrevista. Eu concordo.

De forma geral, a pretensão salarial é mais uma ferramenta de triagem de currículos, para que o recrutador possa separar os candidatos que teriam maior aceitação do salário que a empresa pode pagar. Se a pretensão salarial do candidato é de, por exemplo, 500 reias e a empresa paga, para aquela vaga, um salário de 600, então tudo bem. Porém, o candidato de 700 reais vai ficar de fora, ou seja, um salário um pouco acima do que a empresa pode pagar já é motivo suficiente para descartar aquele candidato. Isso agiliza o processo seletivo.

Onde eu coloco?

Coloque nos “Dados pessoais”. Existem candidatos que criam um campo dentro do currículo só para isso. Bobagem. Depois dos seus dados pessoais, coloque, por último, a pretensão salarial, no formato de moeda: R$ 500, por exemplo.

Salário melhor

Não existe problema em se tentar obter um salário melhor e apresentar uma pretensão salarial acima do que é o seu atual salário. Porém, vale o conselho: cuidado para não colocar a pretensão muito acima da média do mercado e acabar por passar a imagem de profissional vaidoso, muito voltado para o seu ego.

O ideal é sempre colocar pouco abaixo ou na média de mercado e estar pronto para negociar esse valor. Deixar uma nota de que está aberto a negociações demonstra flexibilidade – qualidade muito valorizada no momento de uma contratação de profissionais já experientes.

Entrevista

Quando o candidato vai para uma entrevista já sabendo o valor da remuneração oferecida, a dica é não barganhar um salário maior por duas razões: A primeira delas é para se evitar a imagem de ser “leiloeiro“, ou seja, “quem der mais, ganha”. A segunda razão é que se empresa estivesse aberta a negociações, a mesma deixaria claro na descrição da vaga.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Rodrigo Fontes é analista de RH junior, administrador e fundador do blog Emprego Virtual. Desde dezembro de 2008 no ar.

40 comentários em “Pretensão salarial no currículo”

  • 1
    Monica 31/10/2009 às 23:40

    Adorei a dica,muito obrigado não sabia o que significava pretenção salarial,agora já sei.
    Grato.

  • 2
    Rodrigo Deus 03/11/2009 às 17:05

    De nada! Obrigado por sua visita!

  • 3
    Pedro 17/11/2009 às 12:32

    Boa dica!
    Gostei muito, não sabia disso
    Valeu mesmo

  • 4
    Daniele 13/01/2010 às 08:51

    Adorei a dica, mas eu posso colocar sempre “a combinar”???
    Fiquei com essa dúvida, até porque no caso, até hoje só trabalhei em duas empresas, em funções diferentes e salários diversos, sendo as duas estágios.
    Grata desde já.
    Daniele

  • 5
    Rodrigo Fontes 18/01/2010 às 19:14

    Daniele,

    Você pode colocar a combinar uma vez que não seja requisitado uma pretensão salarial por parte do anúncio da vaga.

    Porém, sempre tenha uma pretensão em mente.

    Abraços!

  • 6
    João 17/03/2010 às 15:55

    Olá, meu último salário foi de R$ 2.600,00 mas hoje as empresas estão pagando no máximo R$ 1.600,00 por esse cargo, o que faço? Não consigo emprego por causa do meu último salário, mas tb não posso mentir pois está na carteira.

    • 6.1
      Patricia 03/04/2014 às 15:56

      Trabalhei em um banco onde tirava uns 2100,00 por mês. Estou desempregada ha quase 3 meses e apesar de todos os dias me candidatar em vagas como assistente administrativo até agora não fiz nenhuma entrevista. Tenho colocado como pretensão salarial em meus cadastros o valor de 1500,00 pq pelo q pesquisei um assistente não ganha mto alem disso, são mto raras as vagas a partir de 2 mil. Não sei oq pode estar errado.

      • Rodrigo Fontes 08/04/2014 às 16:10

        Patricia, primeiramente evite responder aos outros comentários, pois o seu se “perde” por entre comentários de outras pessoas. :) Quanto à sua dúvida, verifique o seu currículo: ele está atendendo às expectativas do mercado de trabalho? Se não, você deve atualizar o mesmo ou reciclar seus conhecimentos.

        Agora se está, então verifique se sua idade, experiência profissional e formação acadêmica não condizem com um cargo maior do que você está atualmente procurando. E ainda que o currículo esteja dentro do que o mercado de trabalho local espera, procure sempre melhorar o mesmo!

  • 7
    Rodrigo Fontes 19/03/2010 às 02:38

    Olá leitor(a),

    Não importa o que consta em carteira. O que importa é que você pretende ganhar. Diminuia sua pretensão salarial de tal forma que se enquadre melhor na média do mercado de trabalho.

    Caso lhe perguntem sobre o seu salário de R$ 2.600,00, não minta.

    Abraços!

  • 8
    Marco 21/05/2010 às 11:31

    Discordo,
    Se a empresa se utiliza dessa ferramenta para triagem, mostra que a empresa busca no mercado preço e não competencia, mostra que a empresa não é negociadora e isso é muito ruim para o mercado, seus concorrentes podem notar essa caracterista negativa e se utilizar disso, enfim , mostra que a a pessoa que coordena o depto é inexperiente e equivocada sem qualquer trato negociador. Sempre se valorize e mantenha-se atualizado, sempre fale a verdade, pessoas negociadoras são apreciadas por ótimos entrevistadores , não se deixe abater por pessimos profissionais.

  • 9
    Odair 25/05/2010 às 12:35

    Esse assunto é muuito complicado, acho eu.
    Trabalho como Desenhista Projetista e ganhava no meu penultimo emprego R$2460,00 mais R$220,00 de ticket alimentação mais Plano de Saude,isso em 2008, agora por causa da crise aceitei um emprego como Desenhista Cadista que me pagava R$1500,00 tive que aceitar pois sou casado e tenho meus compromissos.
    Agora pergunto se a pessoa te pergunta, qual foi seu ultimo sálario mesmo que voçe esteja concorrendo a um cargo de maior remuneração voçe acaba sendo desvalorizado.
    Para mim tudo isso devia acabar,acho que se a empresa paga R$1000,00 cabe ao candidato aceitar ou não a oferta.
    Agora como comentou, faço uma proposta maior e acabo semdo descartado por isso, acho que não é justo.

  • 10
    Wisley Vilela 18/08/2010 às 12:44

    Primeiro, parabéns pela maneira sensata de abordar o assunto!

    A empresa que exige pretensão salarial no currículo agiliza seus processos seletivos, é verdade.

    Por outro lado, ficam expostas em tal empresa pelo menos duas falhas graves: (1) falta de disposição para negociar; (2) obsolescência no Depto de RH e, por extensão, em outras áreas cruciais da empresa.

    Se a falha existe no processo admissional, é evidente que se manifestará em outros relacionamentos entre patrão e empregado.

    Antes de enviar seu currículo para uma empresa que exige tal informação, é bom considerar se realmente vale a pena entrar num processo seletivo ali.

    De todo modo, são poucas hoje as empresas que adotam tal postura. Talvez chegue à conclusão de que seria melhor descartar antes de ser considerado descartável.

    Wisley Vilela
    http://www.curriculoclube.com
    http://sos-emprego.blogspot.com

  • 11
    Rodrigo Fontes 26/08/2010 às 16:17

    Comentário respondido, caro Wisley. Obrigado pela atenção!

  • 12
    Andréia 19/10/2010 às 17:25

    Parabéns pela matéria, é a primeira vez que entro no Blog.
    Esta semana vi um anúncio para almoxarife de obras e pedindo pra colocar pretensão salarial e no meu último emprego ganhava na carteira 756,00 e com as horas extras chegava 1300,00 a 1500,00 , mas tudo especificado no contra-cheque, em consequência FGTS mais “gordo” Em construção civil sempre se faz hora extra e o salário aumenta. E ai, o que eu coloco como pretensão, o salário base da carteira ou o que eu ganhava na realidade?

  • 13
    Rodrigo Fontes 07/11/2010 às 02:22

    Minha cara, hora extra não é benefício nem salário: é uma remuneração em dinheiro pelo tempo empregado para a empresa além do expediente normal de trabalho.

    O salário era de 756,00 e você ganhava boas horas extras, então coloque uma pretesão de 800,00, o que corresponderia a algo bem próximo ao seu antigo salário e também é um valor arredondado.

    Se quiser, procure saber quanto um almoxarife ganha em média.

    Se vale a dica, dê enfase a disponibilidade de horário em seu CV, isso vai ajudar a encontrar uma oportunidade melhor ainda. Abraços!

  • 14
    Antônio 22/11/2010 às 18:19

    Excelente matéria.
    Quando a empresa coloca pretensão salarial, parece que irão pegar os currículos que receberam e farão uma avaliação dos que pediram o menor salário. Aí colocam de lado o quanto o empregado investiu na sua formação, na qualidade e o que é justo para o cargo. Sinceramente, o empregador que não coloca o salário parece ser uma pessoa que não joga limpo e gosta de enrrolar seus empregados.

  • 15
    Marina 27/04/2011 às 23:38

    Olá,

    Não tenho muita experiência com isso pois acabo de me formar. Quando se coloca a pretensão salarial, entende-se o líquido ou o bruto?
    Deve-se especificar?

    Obrigada

  • 16
    Rodrigo Fontes 28/04/2011 às 13:59

    Marina,

    Entende-se o bruto mesmo, não precisa especificar.

    Obrigado pela inteligente pergunta!

  • 17
    Pedro Branco 18/10/2012 às 19:25

    Caso eu queira desviar e tentar tratar o assunto durante entrevista, posso indicar o Salario Atual e colocar que a prenteção será melhor detalhada apos mais detalhes sobre o plano de beneficios da empresa?

    • 17.1
      Rodrigo Fontes 19/10/2012 às 00:22

      Sim Pedro, você pode. Porém, lhe aconselho a sempre ter um valor fixo em mente próximo do que o mercado de trabalho paga, pois muitos recrutadores querem uma resposta sólida, por mais que essa sua estratégia seja bacana.

      Obrigado por comentar, volte sempre!

  • 18
    Barbara 11/01/2013 às 22:45

    Se a empresa pede sua Pretensão Salarial, é correto incluir tbm beneficios como por exemplo:
    Pretensão Salarial: R$ x + Benefícios: w + y?

    • 18.1
      Rodrigo Fontes 14/01/2013 às 15:03

      Não, o correto é informar somente o salário bruto que se pretende ter. Obrigado pela excelente pergunta!

  • 19
    elieth silva 19/02/2013 às 11:59

    oi o que responder quando perguntam qual foi seu ultimo salario? devo colocar o bruto ou o liquido?

  • 20
    Hélder 27/02/2013 às 20:12

    tem uma empresa a entrar em contacto comigo mais eles me pediram que enviasse o meu currilum e pretensão salarial o que eu faço

    • 20.1
      Rodrigo Fontes 28/02/2013 às 06:20

      Leia a postagem, faça uma pesquisa na internet da média salarial para o cargo e boa sorte! :)

  • 21
    Jorge Carvalho Ramos 22/03/2013 às 16:21

    Saí de uma empresa onde atuei por 20 anos na área contábil. Na anterior fiquei 9 anos.
    Sou formado, tenho MBA concluído no final de 2011.
    Atuava com contabilidade geral e impostos. Pelas propostas do dia a dia, bem como do ritmo exigido acredito que fiz mais do que de fato era proposto. Mas havia dedicação
    Saí com salário de R$ 11.000,00 e cargo de Contador chefe. Em alguns casos me rotulavam de Gerente Contábil.
    Por certo comodismo e não exigência, não falo inglês e vejo que isto tem dificultado atingir na negociação o salário que ganhava.
    Neste caso, qual seria um mínimo aceitável, visto que vejo em muitos anúncios discrepâncias enter Gerente ou Contador em determinada empresa e Analista contábil Sênior em outras com salários de R$ 6.000,00 a R$ 8.000,00. Quando se tem inglês fluente varia de R$ 10.000 a R$ 15.000,00.
    Se eu negociar um salário de R$ 7.000,00 (média de mercado) para Contador Sênior, podem achar que não sou competente o suficiente?

    • 21.1
      Rodrigo Fontes 22/03/2013 às 21:14

      Jorge, você utilizar exatamente o seu comentário aqui no blog no momento de uma entrevista e manter a pretensão de R$ 7.000,00. Entretanto, uma segunda língua é realmente essencial em seu caso.

      Recomendo que entre em um curso de inglês o mais breve possível e também estude pelo site Livemocha, pode ser encontrado via Google.

      • Jorge Carvalho Ramos 23/03/2013 às 08:27

        Obrigado Rodrigo.
        É sempre importante saber uma segunda opinião.

      • Jorge Carvalho Ramos 23/03/2013 às 08:27

        Obrigado Rodrigo.

  • 22
    Marcilene 09/04/2013 às 12:53

    Enviei um currículo a uma empresa que já havia trabalhado em 2009, em meu último trabalho eu recebia R$ 3.700,00 saí em março 2013 dessa empresa, ocupava o cargo de contadora, na empresa anterior eu ocupava o cargo de assistente contábil e recebia R$ 1.200,00. Agora recebi um email da empresa anterior perguntando qual a pretensão salarial. No currículo coloquei quais cargos estaria apta a exercer: Assistente Contabil, Analista Contabil, ou Contadora, agora nao sei de que cargo coloco a pretensão, até porque me perguntaram, mas nao disseram qual cargo ru ocuparia, como devo me comportar diante dessa situação? Desde já agradeço.

    • 22.1
      Rodrigo Fontes 10/04/2013 às 06:31

      Marcilene, seja honesta e coloque no seu CV o cargo que deseja ocupar, dentre estes que você mencionou. Além disso, faça uma pesquisa salarial em sites especializados na internet ou em jornais como Valor Econômico.

  • 23
    July 10/04/2013 às 15:29

    Você faz revisão de CV? Se sim, onde mando?

  • 24
    Paulo Oliveira 23/05/2013 às 16:01

    Boa Tarde, acredito que a questão de pretensão é muito complicada, pois depende muito do porte da Empresa, e quando a mesma solicita que se coloque, ficamos sem saber o que colocar , se colocarmos o pretendido corremos o risco de ficar de fora da faixa da empresa por menos ou por mais. Evidente que quando saímos de uma Empresa já estruturada e em que atingimos um alto grau de profissionalização o último salário está acima do oferecido no mercado e se baixarmos a pretensão, não pega bem. Como ser inserido novamente no campo de trabalho com estas dificuldades ?

    • 24.1
      Rodrigo Fontes 24/05/2013 às 06:45

      Paulo, bom dia!

      O ideal é sempre realizar uma pesquisa de salário antes de colocar a pretensão salarial no CV ou de ir à uma entrevista. Se o profissional ganhava uma remuneração alto demais, o ideal é que deixe claro que a média de mercado o atende. Se ganhava baixo demais, idem.

      Realmente, baixar muito a pretensão salarial quando se ganhou muito bem no último emprego não fica legal para o recrutador, porém em uma conversa honesta e direta o candidato deve deixar claro que um salário menor atende os padrões de qualidade de vida que foram estabelecidos anteriormente.

      Uma ótima “saída” é informar que parte do último salário ia para a poupança e não para as contas de casa. Fica a dica!

      Obrigado por comentar! Volte sempre!

  • 25
    Francisco Carlos 20/06/2013 às 13:38

    Bom dia !

    Tenho uma dúvida: Sou Administrador formado desde 2007, realizei uma pesquisa no site da CFA (Conselho Federal de Administração), onde lá diz que, o Administrador recém-formado, pode ganhar por média 2 salários mínimos e os Administradores com mais de 3 anos de experiência podem ganhar até 8 salários mínimos:
    Meu último salário foi de R$ 3.000,00 poderia colocar na pretensão salarial quando a empresa pedir para o cargo de Administrador uma pretensão de R$ 4.000,00 ?

    • 25.1
      Rodrigo Fontes 21/06/2013 às 09:57

      Francisco, primeiramente parabéns pela pesquisa! São poucos os candidatos que se dão ao trabalho de pesquisaram sobre a pretensão salarial do cargo e isso faz toda a diferença para o recrutador.

      O valor de R$ 4.000,00 é um valor que considero razoável nessa situação, porém, como regra só informe quando for necessário. A dica é sempre pesquisar que tipo de empresa você está indo para ser entrevista e, se possível, como anda a vida financeira dessa empresa (notícias na web).

  • 26
    Eliton 09/12/2013 às 11:41

    Boa tarde Rodrigo!

    Gostaria de saber se posso colocar na pretencao salarial “de acordo com salario do sindicato da categoria”, pois nao temho experiencia no cargo pretendido. Desde ja muito obrigado.

    • 26.1
      Rodrigo Fontes 18/12/2013 às 08:44

      Eliton, se a vaga pede um valor, não pode. Pesquise na internet ou entre em contato com o sindicato para saber média salarial. O ideal é que esse “valor do sindicato” seja de seu conhecimento.

Postar comentário

Redes sociais

facebooktwitterlinkedinrss
Depoimentos dos leitores Parceiros do Emprego Virtual Depoimentos dos leitores
Receba as atualizações por e-mail:

Facebook

Mais comentados

Categorias

Editoras parceiras

Dicas

Não pode ir na entrevista? Ligue avisando. Isso demonstra responsabilidade. Lembre-se do "Banco de currículos" da empresa.

Arquivo



editora_gente
© 2012 Emprego Virtual - Política de privacidade - Mapa do blog - Contato