Curta nossa página no facebook!
jan
8

Fiquei desempregado… E agora?

De repente, do nada, você fica desempregado. Não importa o motivo, por enquanto. Você está trabalhando e de repente chega o seu chefe ou o RH da sua empresa em pessoa com uma cartinha pedindo para você deixar suas coisas.
desempregado e agora
Realmente, isso é triste. A primeira coisa a se fazer é… Chorar.
Se quiser, chore bastante. Chore até não poder mais! Ainda dou um conselho: vá para o banheiro, ligue o chuveiro e chore no meio do banho. Assim ninguém vai te escutar e você ainda fica limpo! A não ser que você chore escandalosamente… Aí isso é um problema sério.

Depois de chorar, de dar um alívio para o seu corpo, sua saúde e sua alma, vamos traçar um plano para conseguir um novo emprego. “Plano?”, você me pergunta. Sim, plano. Procurar emprego não é somente algo que se faça de qualquer maneira. Como tudo no mundo profissional, deve ter algum mínimo planejamento. Então vamos planejar e dividir a coisa toda, ok? Bom, você vai precisar de currículos, claro, mas antes disso, você vai precisar… Vamos as dicas!

Se desligue de sua antiga empresa

Já entregou sua carteira de trabalho para que eles te desliguem oficialmente? E o exame médico, já fez? Além disso, já entregou uniforme, crachás, cartão de ponto eletrônico, cartões disso, daquilo, e assim vai? Enfim, já arrumou sua vida na sua antiga empresa? Então agora, sim, comece o passo seguinte.

Faça, imprima, copie currículos

Arrume seu currículo, com a nova experiência de trabalho, com cursos que possivelmente tenha feito, trabalhos voluntários, celulares novos, enfim, arrume seu currículo. Aproveite para reler o seu currículo e corrigir possíveis erros de português! A palavra-chave aqui é arrumar. Arrume a casa!

Distribua currículos

Distribuir currículos! Ah, sim, a verdadeira arte do desempregado. Mais que sambar, mais que apertar o cinto, mais que passar fome, mais que dividir o pouco dinheiro para as muitas contas… Aqui sim está a verdadeira arte do desempregado brasileiro. A arte de distribuir currículos.

Existem duas formas básicas de distribuir os currículos. A primeira, mais conhecida dos profissionais mais antigos, mais experientes, é entregar pessoalmente, de agência em agência, de lugar em lugar, de porta em porta. Bater perna mesmo. A segunda, que é conhecida pelos profissionais mais jovens, é distribuir pela web, seja em sites ou via emails.

Para se ter um alcance maior, o ideal é fazer as duas coisas, percorrer os dois caminhos. Distribuam os seus currículos pela web, mas saiam de casa para deixar ele com alguém. Isso demonstra interesse, principalmente para empresários mais antigos. Empresários mais antigos e experientes possuem, em sua grande maioria, uma visão diferente das coisas. Claro que, quando você dá meia dúzia de cliques com o seu mouse e envia o seu currículo, você quer aquela vaga para si. Mas dar o currículo em mãos é como se entregasse sua carta de interesse escrita à mão. Faça isso sempre que puder.

Agora, se organize!

Vamos lá! Você já se desligou da antiga empresa, já “deu baixa” na carteira de trabalho, fez uma correção bacana no currículo, imprimiu, copiou, distribuiu, enviou pela internet… Parabéns! Agora, vamos organizar mais ainda.

Anote, em um caderno ou no computador, as empresas onde foi, onde esteve. Depois anote para quais emails e sites que você enviou seu currículo. Anote também os logins e as senhas usadas, ou seja, as informações que você usa para acessar sua conta pessoal nos sites de emprego que exijam esse tipo de acesso. Com tudo anotado, organizado e bonito, você se perde bem menos.

Todas essas informações te darão uma visão mais detalhada do alcance dos seus currículos e dos esforços que você tem feito para encontrar um novo emprego.

Ah! Todas essas dicas também valem para quem quer um estágio.

Depois disso, tudo, corra para o abraço! Reze se quiser, se acreditar. O emprego espera por você!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Rodrigo Fontes é analista de RH junior, administrador e fundador do blog Emprego Virtual. Desde dezembro de 2008 no ar.

2 comentários em “Fiquei desempregado… E agora?”

Postar comentário

Redes sociais

facebooktwitterlinkedinrss
Depoimentos dos leitores Parceiros do Emprego Virtual Depoimentos dos leitores
Receba as atualizações por e-mail:

Facebook

Mais comentados

Categorias

Editoras parceiras

Dicas

Entrevista hoje? Chegue pelo menos 15 minutos adiantado!

Arquivo



editora_gente
© 2012 Emprego Virtual - Política de privacidade - Mapa do blog - Contato